Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

Novas tecnologias auxiliam no desempenho de um veleiro



A Koyré startup de Milão especializada no desenvolvimento de sensores inovadores, apresentou projeto Sensorsail no Salão Náutico de Genova, um sistema único de avaliação do desempenho de um veleiro por meio da aplicação de sensores particulares nas velas e peças estruturais flexíveis. Medir e depois recolher, analisar e transmitir os dados: são agora operações indispensáveis em muitos campos, especialmente naqueles onde a tecnologia assume um papel cada vez mais incisivo e onde o controle constante de desempenho é fundamental.

Sensorsail permite pela primeira vez no mundo medir e transmitir em tempo real dados relativos às tensões e cargas a que as velas são submetidas durante a navegação e fornecer as informações necessárias aos projetistas e usuários da embarcação. Desta forma, será possível ter todos os elementos úteis disponíveis para depois proceder à escolha, ajustamento, manutenção e substituição das velas. O resultado final será, portanto, um barco mais eficiente, duradouro e, particularmente não desprezível, até mesmo seguro. O sistema Sensorsail , apresentado no nos 60 anos de aniversário do Salão Náutico é desenvolvido na lógica da IoT-Internet of Things e será aprimorado por sistemas de inteligência artificial (IA) para análise de dados.


Todos os sócios da Koyré são velejadores e corredores apaixonados, e estão saindo na frente por entender que as embarcações de recreio são muito complexas no quesito recolher dados em tempo real, devido às características particulares do ambiente em que operam os sensores.

A Koyré traz praticamente inovação a um elemento que sempre esteve presente no setor náutico, a vela, que se torna o suporte sobre o qual se pode utilizar uma tecnologia disruptiva e neste momento pouco utilizada neste setor: os tecidos inteligentes. 
Na verdade, os materiais têxteis inteligentes estão se tornando o substrato inovador para uma ampla gama de novas aplicações, permitindo a criação de produtos interativos. Até o momento, são produzidos produtos têxteis que podem ser considerados verdadeiras ferramentas eletrônicas, tornadas interativas por meio de materiais fibrosos ou fibras ópticas. o tecido inteligente permite, portanto, a implementação de várias funções, atribuíveis à capacidade de adquirir informações do ambiente em que o elemento têxtil é utilizado (tecido sensor), ou por reagir a estímulos externos realizando uma ação (tecido 'atuante'), com a possibilidade de medir os parâmetros mecânicos, físicos, químicos e biológicos do ambiente circundante.


Em agosto Koyré esteve presente em Gaeta a bordo do Swan 42 Spirit of Nerina por ocasião do Absolute Italian Offshore Sailing Championship 2020: foi a primeira vez que um veleiro equipado com Sensorsail participou numa competição Navegando. #mundomar #salonenautico #Vela




#salonenautico #mundomar #salonenauticodigenova2020