top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Yacht Club Santo Amaro recebe mais de 120 barcos no fim de semana



O YCSA - Yacht Club Santo Amaro e a ACESC - Associação de Clubes Esportivos e Sócio-Culturais de São Paulo organizaram no sábado (13) a tradicional regata da Taça dos Lagos. Nesta 83ª edição, o evento contou com a participação de 127 barcos, com crianças, jovens e adultos na Represa de Guarapiranga, em São Paulo.


As regatas ocorreram em frente ao YCSA, com a presença de familiares acompanhando os atletas das diversas classes, como Optimist, HPE, Nacra, 29er, Marreco, Mini Oceano, Day Sailer, Dingue, Fast, Flash 165, HC14, HC16, ILCA 4, 6 e 7, IQFoil, Lightning, Olimpico, Poli19, Raceboard, RS Vision, TomCat Race e Windsurf.


Além das disputas na represa, o YCSA arrecadou alimentos não perecíveis como forma de inscrição. O clube também premiou os primeiros colocados ao final das regatas.


Os velejadores enfrentaram a falta de vento no percurso em busca do título da Fita Azul, concedido ao primeiro barco a cruzar a linha de chegada. Mesmo com as dificuldades causadas pelas condições climáticas, Gabriel Munhoz, atleta de IQFoil do YCSA, foi o primeiro a ouvir o sinal da Comissão de Regata.


"Hoje foi um dia marcado pela falta de vento e diferente de alguns barcos. Minha prancha do IQFoil não anda absolutamente nada sem vento. Estava boiando e quando ia pegar uma carona no bote para desistir, entrou um vento suficiente para decolar. A sensação de conseguir voar e passar pelos barcos que estavam longe foi muito boa. A Taça dos Lagos é um campeonato muito bacana, que junta todas as classes e níveis. É muito legal poder ver desde crianças até senhores correndo junto", explicou Gabriel Munhoz, atleta de IQFoil do YCSA, campeão da Fita Azul.


"A Taça dos Lagos é muito tradicional na vela paulista. A 83ª edição mostrou o quanto é importante a celebração dos clubes e velejadores. O evento foi um sucesso e, no final, o vento sul também ajudou para o encerramento das regatas. Foi uma honra receber atletas de todas as idades da vela", concluiu Ronaldo Reimer, Comodoro do YCSA.


O YCSA também conquistou o título de melhor clube, com 49 barcos na regata, seguido pelo YCP - Yacht Club Paulista, com 15 barcos, e pelo Sailing, com 12 barcos. A flotilha também garantiu o título de clube campeão, seguido pelo SPYC - São Paulo Yacht Club e o Pera.



bottom of page