Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

SETOR NÁUTICO e a Geração de Empregos

A falta de vagas em determinada região passa a ser determinante para que o setor inteiro aumente sua competitividade


O setor náutico, ao contrário do senso comum, é um setor que impacta em todas as classes sociais e em várias outras cadeias Produtivas.


Consumido pelo público A, AA, AB, B, BB, classe C e também agora pelo público BC, que já iniciou um processo de “inclusão náutica”, o setor náutico impacta também diretamente nas demais classes sociais, pois depende de uma série de serviços.

Uma embarcação em marina gera 4.8 vagas de empregos diretos e indiretos.


A falta de vagas para embarcações em determinada região passa a ser determinante para que o setor inteiro aumente sua competitividade em todos os segmentos que formam a Economia do Mar em curto e médio prazo.


Se as vagas secas e molhadas para embarcações fossem efetivamente implantadas e usando a informação acima sobre a criação de empregos diretos no setor náutico, novos postos de serviços podem ser criados somente em manutenção e indústria naval, isto em apenas um curto espaço de tempo.


Fora isto, os empregos diretos e indiretos que serão criados nos serviços e comércio de apoio à atividades náuticas, mais as vagas geradas por fomento as atividades de mergulho, passeios e organização de eventos náuticos, sem falarmos nas vagas indiretas como decoração, marcenaria, lavanderias, limpeza, combustível, floriculturas, aluguel de carro, meios de hospedagem e empresa de alimentação fora do lar, são alguns dos segmentos indiretos que o setor náutico impacta imediatamente.


Com isso, há evidências suficientes para afirmar que o potencial do setor náutico apresenta condições reais de gerar inclusão social, por meio da geração de emprego e renda em um curto período de tempo.


A Economia do Mar gera condições ideais para crescer por meio da ampliação do uso do mar, rios, lagos lagoas e represas.


Enfim, uma infinidade de oportunidades se abre no momento em que houver uma estratégia integrada de crescimento econômico por meio do aumento da competitividade da Economia do Mar nos pilares da Industria, do comércio, dos serviços e do turismo.


Artigo: Mané Ferrari - Mundo Mar Consulting

Presidente ACATMAR - Associação Náutica Brasileira