top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Resultados do Sul-Americano de 420



Os velejadores Bernardo Peixoto e Bruna Patrício, representantes do Yacht Clube da Bahia e YCSA - Yacht Club Santo Amaro, ficaram com o vice-campeonato do Sul-Americano da classe 420. O evento foi realizado no Iate Clube do Rio de Janeiro com 48 duplas de vários países.


O título ficou com as campeãs mundiais Joana Gonçalves e Gabriela Vassel com 45 pontos, conquista de maneira antecipada após dez regatas. Bernardo e Bruna somaram 60 e o bronze ficou com Said Royo e Axel Vergueiro, com 72.

Outro resultado para Bernardo Peixoto e Bruna Patrício foi o primeiro lugar entre as duplas mistas do campeonato, que utilizou os barcos da 420, versão abaixo do olímpico 470.


Bruna Patrício celebrou o resultado no Rio de Janeiro (RJ). ''Estamos voltando à pratica do barco, lembrando como é o 420. Foi muito legal''.


''A gente tem muito carinho pela classe e não estávamos confiantes para esse sul-americano, pois voltamos agora a correr regatas no barco'', contou Bernardo Peixoto, que já foi campeão continental do 420. ''Agora para o Mundial vamos tentar melhorar um pouco as largadas, mas estamos felizes com a velejada''.


O Mundial será realizado de 3 a 10 de janeiro, também no Rio de Janeiro (RJ), com a expectativa de mais de 60 duplas internacionais.


O YCSA também contou com Lucas Escobar e Henrique Bresslau, em 25º, Lucas Cruz e Hector Martin, em 29º. 


Sobre o YCSA


Localizado na cidade de São Paulo (SP) às margens da Represa de Guarapiranga, o YCSA é cercado por muito verde, compondo um cenário natural perfeito para a prática da vela. Berço de vários campeões mundiais, o YCSA carrega a tradição de uma biografia admirável ao lado da modernidade de suas instalações e barcos.


Fazer parte desse clube é ajudar a escrever uma história que começou em 1930 e que, desde então, tem marcado a vida de cada associado. Com estrutura náutica privilegiada, o clube conta com hangares modernos para estadia de embarcações à vela e motor, escola de vela com embarcações próprias, rampa de 25 metros de largura com baixa inclinação de acesso à represa, deck e píer com maravilhosa vista da represa, trator e guindaste para transporte de embarcações, marinheiros bem treinados e lanchas e botes de apoio.


Com 24 mil m² repletos de natureza, o YCSA é conhecido dentro e fora do país por sua estrutura náutica de ponta, oferecendo as melhores condições para o aprendizado e prática da vela. O clube é reconhecido não só pelos seus atletas campeões, mas também por sediar eventos de vela nacionais e internacionais.


Sobre o Yacht Club da Bahia


O Yacht Clube da Bahia surgiu do desejo de construir barcos a vela, nossa paixão por esportes está diretamente ligada à nossa origem. O Clube possui hoje mais de 15 categorias esportivas e notoriamente se destaca por sua vocação pelas modalidades náuticas e aquáticas, especialmente a Vela, Natação, Canoagem e Pesca Esportiva. Os esportes terrestres completam nossa grade, oferecendo um repertório completo.

Vale ressaltar que entendemos o esporte como um elemento muito importante do convívio social dos nossos Associados, desde a interação de jovens e adultos em seus grupos de amigos até a formação de atletas de alto rendimento, que estão presentes frequentemente nos pódios de competições nacionais e internacionais.


O Yacht Clube da Bahia também organiza eventos com destaque no calendário esportivo náutico nacional, como a tradicional Travessia Itaparica-Salvador de Natação que existe desde 1955, o Desafio Salvador - Morro de São Paulo de Canoagem que é a maior prova sem revezamento da América Latina, além de diversas outras competições.


Foto: Fred Hoffmann


コメント


bottom of page