Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

Resultados da Semana Olímpica de Hyères



As bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram neste sábado (30) a medalha de ouro da Semana Olímpica de Hyères, na França, na classe 49erFX, resultado importante na fase de preparação para a corrida rumo às Olimpíadas de Paris 2024.


A dupla disputou a medal race e, com um sexto lugar e 68 pontos perdidos na soma, garantiu o lugar mais alto do pódio. As norte-americanas Stephanie Roble e Margareth Shea ficaram com a medalha de prata, seguidas pelas norueguesas, Helene Noess e Marie Ronningen, que completaram o pódio.


Martine e Kahena tiveram uma bela campanha de recuperação na França. As brasileiras terminaram o primeiro dia em 24º lugar, mas mostraram toda a sua capacidade de sair de situações adversas. No dia seguinte, saltaram para a quarta colocação. Depois, assumiram a vice-liderança e entraram na regata da medalha na primeira posição. Foi o segundo pódio consecutivo na campanha europeia de início de ciclo olímpico, somando a prata obtida no Troféu S.A.R. Princesa Sofía, na Espanha, semanas atrás.


"Estamos muito contentes com o dia a dia que fizemos, desde começar um pouco mal, passando pelo segundo dia ainda algumas regatas mais ou menos com um protesto difícil. Para depois começar a acertar algumas regatas chave. E chegar no grupo da frente para disputar essa medalha", comemorou Martine Grael. A dupla bicampeã olímpica já tinha vencido Hyères em 2017 na 49erFX.


Na Fórmula Kite masculina, o brasileiro Bruno Lobo encerrou sua participação em 18º lugar, correndo na flotilha ouro. Na Kite feminina, Maria do Socorro ficou em 35º. Na IQ FOIL feminina, Bruna Martinelli foi a 24ª. Na 470 mista, os baianos Juliana Duque e Rafael Martins terminaram na flotilha ouro, em 24º.


"A conquista da medalha de ouro em mais uma etapa europeia as consolida neste início de campanha para as Olimpíadas de Paris-2024. Os atletas brasileiros que participaram aqui tiveram um excelente desempenho. As equipes de Kite masculino a de 470 misto ficaram na flotilha de ouro. Sabemos que é o início e que eles irão evoluir até a máxima competição do ciclo olímpico, daqui a dois anos", disse Juan Sienra, Coordenador técnico da CBVela.


Foto: Sailing Energy

#vela #sailing #regata #hyeres #paris2024 #onboardsports #cbvela #vempravela


Sobre a CBVela


A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).


A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.