top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Painel de sustentabilidade fecha COB Expo



O último dia do COB Expo contou com painel "Esporte e Sustentabilidade" reunindo representantes da CBVela - Confederação Brasileira de Vela, da CBSurf - Confederação Brasileira de Surf e do Instituto-E - fundado e presidido por Oskar Metsavaht. O encontro de sexta-feira (29), em São Paulo (SP), fechou a primeira edição do evento.


A CBVela apresentou sua visão e ações compatíveis com a agenda 2030 da ONU, composta pelos Objetivo para o Desenvolvimento Sustentável (ODS). CBSurf e Instituto-E apresentaram um diagnóstico ESG - sigla em inglês para Environmental, Social, and Governance - em todo o país, ao qual a CBVela está se unindo.


O objetivo é coletar dados sobre as questões sociais, ambientais e financeiras que afetam as confederações de modo a promover ações futuras em prol da preservação dos oceanos, bem como também da inclusão social que a chamada “economia azul”pode promover.


O evento contou com mais de 300 horas de painéis e 490 horas de conteúdo educativo com a presença de grandes nomes do esporte brasileiro e internacional. O COB Expo teve 120 expositores de diversos setores do mercado esportivo e 200 palestrantes, além de ativações esportivas nas quadras e pistas montadas no local. 


''Acredito que estamos deixando um dos maiores legados para a sociedade na área ambiental e no social. Estarmos conectados em um projeto mundial que visa a proteção e a preservação dos oceanos. Acredito que ambos os esportes são a junção perfeita para compartilhar esse recado", disse Teco Padaratz, presidente da CBSurf.


''Esse encontro é um marco para falarmos sobre cultura oceânica e sustentabilidade no esporte. O esporte traz uma possibilidade de alcançar a sociedade e certeza que é um meio importantíssimo para falar sobre o tema. Quanto mais abrirmos debates e conversas sobre o tema, mais a gente terá novas ideias para fazer com que os projetos floresçam. O futuro é grandioso e acredito que temos muito a ser feito'', explicou Mariana Bazzoni, Diretora do Instituto-E.


Referência no surf nacional, Teco Padaratz hoje é presidente da CBSurf, e trabalha ao lado de Duda Tedesco, para difundir a imagem da modalidade, que nos últimos anos trouxe sete títulos mundiais da WSL e mais um inédito ouro olímpico em Tóquio 2020.


Na visão do surfista, as entidades se organizam para deixar um dos maiores legados para a sociedade em meio ambiente. ''Estarmos conectados em um projeto mundial que visa a proteção e a preservação dos oceanos. Acredito que ambos os esportes são a junção perfeita para compartilhar esse recado''.


O painel foi apresentado por Hugo Mósca, diretor administrativo na CBVela - Confederação Brasileira de Vela, que ao lado de Sandra Di Croce Patricio, diretora de sustentabilidade, ajudou a confederação a ser a primeira entidade esportiva brasileira a integrar a Rede Brasil do Pacto Global da ONU e a incorporar a agenda global da sustentabilidade - a Agenda 2030, com seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) - ao seu planejamento estratégico.


''A CBVela trata de uma modalidade que depende das águas, oceanos e do vento. Então é uma conexão entre o atleta e o meio ambiente! A gente precisa devolver para o mar tudo que recebemos da natureza. Quando houve uma criação de Sustentabilidade na CBVela foi com objetivo de ter esse olhar diferenciado e desenvolver sobre o tema''.


O próprio estatuto da CBVela já trata sobre questões ambientais e menciona o vento como fonte de energia renovável. A sustentabilidade fala também sobre questões sociais e econômicas. ''Quando conseguimos associar esses temas no meio da vela. Acreditamos que a CBVela consegue dar uma contribuição para o esporte nessa agenda global da sustentabilidade'', completou Sandra Di Croce Patricio, diretora de Sustentabilidade da CBVela.  


Marco Aurélio, presidente da CBVela e anfitrião do espaço de debate, encerrou o painel convidando representantes do esporte e o COB a continuar com reuniões periódicas sobre ESG, bem como dividir relatórios de atuação.


Sobre a CBVela


A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).


A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.


Sobre o Instituto-E


Fundado e presidido por Oskar Metsavaht, Embaixador da Boa Vontade da UNESCO para Sustentabilidade e para a Década dos Oceanos, o Instituto-E (IE) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que, há mais de 20 anos, desenvolve conceitos e práticas autorais para promover o desenvolvimento mais sustentável.


Foto: Flávio Perez | On Board Sports

bottom of page