top of page

MolokaBRA abre com desafio de Kite Bidirecional


A primeira regata do MolokaBRA 2023 foi realizada neste sábado (26) entre as praias das cidades cearenses Aquiraz e Fortaleza. O Desafio Rei e Rainha da Orla para os kitesurfs bidirecionais teve ao todo 35 km, saindo do Beach Park até a Barra do Ceará.


Dos 43 atletas inscritos, apenas dois conseguiram chegar ao final devido aos ventos mais fracos, condição bastante diferente do que ocorre no mês de agosto na região metropolitana de Fortaleza (CE).


O vencedor foi Francisco de Sales Brito do Nascimento, de Natal (RN) , seguido por Michel Marcelino de Trairi (CE) na segunda posição.


''A prova foi um desafio tive que aprimorar minhas técnicas para conseguir ganhar velocidade em alguns momentos que baixava a intensidade de vento. Meu adversário já tinha um tática montada, porém com muita técnica consegui cortar o rumo da chegada e assim chegar em primeiro. Foi uma experiência única muito boa de prova'', contou Francisco de Sales Brito do Nascimento.


''Foi uma prova desafiadora, mas uma coisa é certa: o vento faltou e a resenha vingou. O Molokabra Downwind é um grande desafio e o Rei e Rainha da Orla a grande prova da capital, do Rio Pacoti ao Rio Ceará. Esse ano o recorde não foi batido por causa dos ventos mais fracos'', disse Daniel Azevedo, vice-presidente da CBVela. 


No domingo (27), o MolokaBRA concentrará os principais eventos da vela com a regata de 60 km do Beach Park até o Cumbuco para as classes Bidirecional, Wing Foil, Wind Surf, Kite Foil e Kite Wave.


A competição, que também terá provas de stand up paddle, remo e canoagem, é considerada a maior de downwind - a favor do vento - do país. 


A CBVela - Confederação Brasileira de Vela é uma das organizadoras do evento ao lado da Federação Cearense de Vela e Motor, Iate Clube de Fortaleza e as entidades que regem as outras modalidades. A ASUP-Ceará é a organizadora geral do festival. O MalokaBRA valerá como Copa Brasil de Downwind. 


O evento abrangerá o Campeonato Pan-Americano de Canoagem Oceânica COPAC e os Brasileiros de SUP Downwind pela CBSUP.


Sobre a CBVela


A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).


A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.


Foto:  Eduardo Pechmann

Comments


bottom of page