top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Esporte contribui para metas globais para a natureza


A iniciativa Sports for Nature reuniu organizações esportivas de todo o mundo durante a Cúpula de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. O objetivo é unir o esporte em ações de proteção e restauração da biodiversidade. O Brasil, Costa Rica, Alemanha com o VfL Wolfsburg e Israel com seu time de polo aquático já aderiram à iniciativa. Desenvolvida por várias organizações, incluindo a União Internacional para a Conservação da Natureza, o trabalho busca abordar a crise ambiental e a biodiversidade, além de promover a conscientização para um futuro sustentável.


"Combinar esporte e respeito pela natureza é uma responsabilidade essencial", afirmou o príncipe Albert II de Mônaco, Patrono da Natureza da UICN, Olímpico e Presidente da Comissão de Sustentabilidade e Legado do COI. Ele destacou a necessidade de aproveitar a energia de todos para enfrentar a crise ambiental e preservar a biodiversidade.


Dona Bertarelli, co-fundadora do Sails of Change e velejadora, testemunhou o impacto negativo da atividade humana nos oceanos e ecossistemas marinhos, ressaltando a importância de ações para reverter essa tendência.


Os parceiros do Esporte para a Natureza lançaram o Quadro do Esporte para a Natureza no ano passado durante a conferência de biodiversidade da ONU em Montreal. Atualmente, 40 organizações esportivas de todo o mundo se comprometeram a tomar ações concretas em prol da natureza. O Quadro estabelece quatro princípios: proteger a natureza, restaurar a natureza, tornar as cadeias de suprimentos mais sustentáveis e aumentar a conscientização.



bottom of page