Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

Desfile dos heróis da Vendée Globe imita carnaval



Dezenas de milhares de fãs da Vendée Globe se reuniram neste fim de semana em Les Sables d'Olonne, na França, para celebrar o desfile dos velejadores que disputaram a regata de 2020. A festa foi parecida com uma passagem de um carro alegórico de escolas de samba, mas os passistas foram substituídos pelos navegadores.


A Vendée Globe ocorre de quatro em quatro anos e é uma volta ao mundo em solitário, sem assistências e paradas. Em dois carros alegóricos, 28 dos 33 skippers foram recebidos por um público festeiro de mais de 50.000 na cidade da largada e chegada da regata.


Foi a maneira perfeita de homenagear os capitães na véspera da abertura oficial da vila de da Vendée Arctic, primeira prova de qualificação da Vendée Globe 2024, que começou no domingo (5).


Segurando o troféu Vendée Globe durante o desfile da noite passada, o vencedor Yannick Bestaven era provavelmente o capitão que a maioria da multidão queria ver.

"É ótimo ver tantas pessoas comparecerem e é bom compartilhar isso com o público. É graças a essas pessoas que a Vendée Globe recebeu tanta cobertura da mídia e, portanto, devemos a eles esta festa que que não pudemos fazer por causa do confinamento de COVID''.


O herói local Benjamin Dutreux, que terminou em nono na última edição, se emocionou com a festa. "É bom ver tantas pessoas tocadas pela Vendée Globe que enche seu coração sentir-se tão seguido. A regata é uma grande aventura''.

''Ficamos tão envolvidos na prova, mesmo que sejamos discretos por natureza , queremos compartilhar, nos divertir com as pessoas. Então aqui temos nossa grande festa".


A maioria dos velejadores homenageados estará na Vendée Atlantic, prova de 3.500 milhas náuticas nas hostis latitudes do norte.


Fotos: Jean-Louis Carli, Jean-Marie LIOT Photographies and Olivier Blanchet / Alea