top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Copa da Juventude 2023 teve primeiras regatas oficiais no YCSA



As regatas da Copa da Juventude 2023 tiveram início nesta terça-feira (31), no Yacht Club Santo Amaro - YCSA, em São Paulo (SP).


A principal competição da vela de base do país reúne 150 atletas de oito estados nas classes Formula Kite, 420, ILCA, 29er e IQFoil.


O vento rondado na Represa do Guarapiranga deixou o dia de estreia mais difícil para a nova geração da modalidade. Os barcos foram para a água logo pela manhã para aproveitar os ventos noroeste de 6 a 14 nós na zona sul paulista.


Com mais veleiros na água, a ILCA contou com regatas equilibradas e a liderança provisória de Felipe Fraquelli (VDS), com vantagem para Mathias Reimer (YCSA). São 63 barcos disputando a categoria. Entre as mulheres, Valentina Roma (CICP /CBC) foi a melhor após três provas.


''Hoje rondou muito, além de ter diferença de pressão dos dois lados da raia com um todo. Acertar esses dois fatores é bem difícil. Já estamos acostumados com regatas com mais de 60 barcos, é particularmente comum para a classe'', disse Felipe Fraquelli, representante do Brasil nos Jogos Sul-Americanos 2022 na categoria.


Na 420, Gustavo Glimm e Luiza Madureira (ICRJ/VDS) tiveram o melhor desempenho na raia 2. Superam as atuais campeãs brasileiras no geral da categoria, que são Joana Gonçalves e Gabriela Vassel. A disputa também foi marcada pelo equilíbrio na Guarapiranga.


''A principal dificuldade foi encontrar a melhor rajada já no início das largadas. A comunicação a bordo foi fundamental para conseguirmos ir bem hoje'', contou Luísa Madureira.


Na 29er, os representantes do Brasil no Mundial da Juventude 2022 abriram o dia com vantagem. Os irmãos Guilherme Menezes e Fernando Menezes (ICSC) somam apenas 4 pontos perdidos contra 12 de João Marcelo Carlin e Luc le Corre (ICSC/YCSA/CBC). Foram realizadas três regatas no dia.


Na kite, Marcos Americano Rodrigues (BL3/YCSA/CBC) foi o melhor. Já na IQFoil, os destaques do dia foram Guilherme Munhoz (TEMPO) e Sofia Faria (ICB/CBC).


Ao final do dia, os velejadores receberam a visita de Alex Welter, primeiro medalhista de ouro da vela brasileira. O atleta do YCSA venceu a classe Tornado em Moscou 1980 ao lado de Lars Sigurd Bjorkstrom. O ex-atleta falou sobre os desafios da carreira e os caminhos para chegar ao topo do mundo.


Nesta quarta-feira (1º) estão programadas pelo menos mais duas regatas para cada classe da Copa da Juventude 2023. O bicampeão olímpico Torben Grael fará uma palestra para os presentes no YCSA.


Foto: Caio Souza | On Board Sports


Comentarios


bottom of page