top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Copa Brasil de Vela abre em Ilhabela (SP)



A Copa Brasil de Vela 2023 teve início nesta terça-feira, 10 de outubro, em Ilhabela, São Paulo, sob condições climáticas desafiadoras, com ventos médios para fortes e mares agitados. Os velejadores enfrentaram o frio, a chuva e rajadas de vento que variaram de 12 a 15 nós durante o primeiro dia do evento voltado para a nova geração do esporte, organizado pela CBVela.


Após a realização de duas regatas para as classes 420, Dingue, Snipe, Optimist, ILCA 4, 6 e 7, a competição nacional continuará com emocionantes disputas até sábado, 14 de outubro. Além de determinar os vencedores da Copa Brasil, o evento também servirá como seletiva para o Mundial da Juventude de Búzios, no Rio de Janeiro, que ocorrerá em dezembro.


Ilhabela, amplamente reconhecida como a "Capital da Vela", proporcionou um desafio emocionante para atletas jovens e experientes. No primeiro dia de regatas, Renato Lunetta (ICB-DF/CBC) liderou a classe ILCA 4, enquanto Felipe Fraquelli (VDS/CBC) se destacou na classe ILCA 6 e João Souto (ICRJ/CBC) conquistou o primeiro lugar na classe ILCA 7.


Na classe 420, a dupla do Veleiros do Sul, Leonardo Caminha e Henrique Becker, cruzou a linha de chegada à frente do restante da flotilha. Outro destaque foi a equipe de Rwann Caique e Heitor Pires, que conquistou o primeiro lugar na classe Dingue, representando a equipe da casa. Encerrando as competições em duplas, a parceria da EVI - Escola de Vela Lars Grael, composta por José Roberto de Jesus e Gustavo dos Santos, assegurou a liderança na classe Snipe, que contou com 9 barcos na raia.


As crianças também entraram em ação na classe Optimist, que serve como uma etapa de formação para os jovens velejadores. Ester Machado (EVI) conquistou a vitória no estreante, enquanto Felipe Fridrich (EVI) venceu na categoria veterano.


Walter Boddener, Gerente e Juiz Nacional da CBVela, expressou sua satisfação: "Nós da CBVela - Confederação Brasileira de Vela estamos felizes por realizar a Copa Brasil de Vela 2023 em Ilhabela. A cidade oferece uma raia muito técnica e desafiadora para todos os velejadores. Ilhabela é reconhecida como a capital da vela e proporciona uma variedade de condições de vento para competir. O apoio da Prefeitura de Ilhabela, da CBC e da Escola de Vela Lars Grael foi fundamental para a realização das regatas."


Apesar do clima frio no primeiro dia, a Comissão de Regata (CR) espera a presença do sol no dia seguinte. As competições continuam em aberto, com os atletas se concentrando em preparar seus barcos para as próximas largadas.


Toninho Colucci, Prefeito de Ilhabela, ressaltou o apoio contínuo da cidade ao esporte: "Após o sucesso da histórica 50ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, a Prefeitura apoia mais uma vez um grande evento da modalidade, reunindo os melhores velejadores do país, reforçando ainda mais o título de Capital Nacional da Vela da nossa cidade."


O evento destaca o compromisso da CBVela com o desenvolvimento da vela jovem no Brasil, incluindo o programa do Núcleo de Base em parceria com o Ministério do Esporte. Este projeto visa aprimorar as habilidades de velejadores adolescentes, preparando-os para competições nacionais e internacionais de Vela Jovem. Diversos campings de treinamento já foram realizados em diferentes locais, com foco no aperfeiçoamento e crescimento desses jovens atletas.


A CBVela, como a representante oficial da vela esportiva no Brasil, possui uma notável história de sucesso, com velejadores brasileiros conquistando um grande número de medalhas em Jogos Olímpicos. A organização também está comprometida com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, incorporando a sustentabilidade em seu planejamento estratégico.






bottom of page