top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Contagem regressiva para o Salone Nautico di Venezia

Serão cinco dias dedicados à paixão pela vela, entre iates e superiates, estreias italianas e mundiais, provas aquáticas, conferências, exposições e regatas.



Veneza é novamente a estrela náutica de 31 de maio a 4 de junho com a quarta edição do Salone Nautico di Venezia, mais uma vez no histórico Arsenale, o coração da marinha Serenissima.

Os números cada vez maiores confirmam isso, os expositores continuam acreditando no evento, com a presença dos maiores grupos nacionais e internacionais. O setor da vela apresenta um crescimento substancial, que regista mais 50 por cento de presenças, assim como o setor das embarcações com propulsão elétrica, com um aumento de 30 por cento face a 2022, confirmando a sua vocação verde.



O Salone Nautico di Venezia que em 2022 recebeu o BEA-Best Event Awards como a melhor feira do ano - é organizado pela Vela spa em nome do Município de Veneza graças à colaboração da Marinha Italiana.


Além de expor o que há de mais inovador em barcos a motor e a vela em nível internacional, oferece um contexto riquíssimo de estímulos e oportunidades de relacionamento, negócios e entretenimento para clientes e expositores bem no coração de Veneza, dentro e fora do Salão, onde tecnologia e design, sustentabilidade ambiental e cultura se alternam em uma mistura única em seu gênero.


O Arsenale é composto por 55.000 m2 de bacias hidrográficas, dentro das quais serão instalados mais de 1.100 metros lineares de pontões, e 30.000 m2 de espaços expositivos externos. As grandes bordas, que no passado abrigaram a construção das cozinhas, abrigarão o melhor do design e mobiliário náutico e da construção naval artesanal veneziana em um total de 5.000 metros quadrados.


No total, serão mais de 220 expositores (dos quais 180 nacionais e os restantes do Reino Unido, Croácia, Eslovénia, Polónia, Espanha, França, Alemanha, Áustria, Montecarlo, Suécia, Dinamarca, Finlândia) que trarão 300 barcos , dos quais 240 na água por um comprimento total de 2,7 quilômetros.


"Espero por você de 31 de maio a 4 de junho no Arsenale para celebrar conosco a náutica local e internacional". É o convite que o autarca de Veneza, Luigi Brugnaro, dirige a todas as pessoas do mar, dos armadores aos entusiastas mas também às famílias e aos jovens, apresentando a quarta edição do evento, que lhe permitirá ver o melhor da náutica italiana e mundial e, ao mesmo tempo, passar um dia descobrindo esportes e artesanato relacionados ao mar.


“Não existe Veneza sem barco e valorizar este setor para nós é a parte fundadora do nosso evento de feiras. O Boat Show não é apenas um mercado, é também e acima de tudo uma oportunidade de troca de conhecimento, conhecimento de trabalho e atenção à sustentabilidade - continuou Brugnaro - por isso é importante que os jovens venham ao Salão, para ver o profissionalismo e trabalho que a náutica pode trazer para o seu futuro, sobretudo visitando os estandes da indústria naval nacional e internacional. Como é muito importante trabalhar em sustentabilidade, outro desafio que nos lançamos: a inauguração da Bienal da Sustentabilidade nos dias do Boat Show confirma isso e o entrelaçamento dos eventos pretende ser um forte sinal do compromisso que estão fazendo nesta frente".


Sustentabilidade que, explicou o autarca, “o Boat Show traz a quem entra no Arsenale: desde as embarcações, aos motores, aos postos de carregamento e às pessoas que vão falar deste importante desafio com os seus conhecimentos nestes dias”. E, por fim, o prefeito convida você a chegar ao Boat Show de barco, aproveitando as marinas Certosa e Sant'Elena que oferecem descontos especiais para a ocasião: "Os visitantes que chegam até nós de barco são convidados especiais, vindos do mar é a verdadeira entrada, e é uma experiência única que só pode ser vivida nesta cidade especial”. E conclui “abrir o Arsenale pela quarta vez ao Boat Show, e portanto à cadeia de mercado que este setor traz, é uma coisa muito importante para toda a cidade que abre as fronteiras do mar a todo o mundo”.


Os grandes grupos líderes da construção naval nacional e internacional confirmaram presença no Venice Boat Show. Grupo Ferretti, Azimut Benetti, Sanlorenzo estão de volta.


“Vamos pensar na maravilha dos testes de mar: o que poderia ser mais emocionante do que deixar o esplendor do Arsenale para trás? - declarou Alberto Galassi, CEO do Grupo Ferretti que acredita no Salone Nautico di Venezia desde sua primeira edição - Veneza é para nós a nossa casa, um palco natural, uma boutique exclusiva. Aqui, de fato, apresentaremos o novo Wallywhy150, o último modelo extraordinário da linha Wallywhy, em uma prévia mundial. Obrigado e parabéns, mais e mais a cada ano, à administração municipal pela forma como tem conseguido fazer crescer um espetáculo que agora, além de ser uma maravilhosa realidade náutica, é um evento internacional de absoluto prestígio”.

Giovanna Vitelli, presidente da Azimut Benetti, compartilhou o entusiasmo, lembrando que Veneza é o emblema do espírito italiano. “Foi muito importante abrir uma feira voltada para o mercado do leste europeu e focada em questões de sustentabilidade que são estratégicas para o nosso setor - disse - acrescentaria também que Veneza, tão rica em oportunidades culturais e patrimônio histórico-artístico, é uma fonte de atração tão forte para nossos clientes que nos faz trabalhar duro para mantê-los no Salão para visitar nossos barcos. Aproveito também para felicitar a máquina organizativa pelo profissionalismo e competência demonstrada desde a primeira edição, o que não é de forma alguma um dado adquirido num evento que nasceu recentemente”.

“A Sanlorenzo investe em Veneza há alguns anos e em 2024 inaugurará a sede de sua Fundação Sanlorenzo em um prédio em frente à Chiesa della Salute – acrescentou Massimo Perotti, CEO da Sanlorenzo Yacht – somos membros fundadores da Fundação Veneza, Capital Mundial de Sustentabilidade que inaugurará sua Bienal dedicada justamente por ocasião do Boat Show. A Sanlorenzo está cada vez mais atenta a essas questões estratégicas para todo o setor. Estaremos presentes no Salão, no espaço cenográfico do pequeno dique seco, sob a instalação de Lorenzo Quinn, entre outros com o concurso America's Cup, um barco de 10 metros com foils e células de combustível, que não terá motor de combustão e fará 50 nós por 180 milhas com emissões zero; esta licitação competirá com a American Magic no match race a ser realizado em Barcelona em 2024”.


O panorama de expositores, entre as lanchas, é completado pela Sunseeker, Beneteau, Rizzardi, Absolute, FIM, Pardo, Loy Explorer, Green Line, Sirena e Arcadia. Os estaleiros Invictus, Fountaine Pajot, Nautor Swan, Solaris Power, Prestige, Rio Yacht, Sensesyacht e Omikron estão expondo em Veneza pela primeira vez. O carro-chefe dos barcos a motor será o superiate “Ducale 120”, um ônibus espacial de deslocamento de mais de 36 metros do estaleiro Ocean King em Chioggia.



Como sempre, o Salão oferecerá também atividades de debate e divulgação cultural com cerca de cinquenta conferências, conferências de imprensa e apresentações públicas no calendário (entre estas destacam-se as iniciativas promovidas pela Assomarinas, Assonautica, RINA e Veneza, Capital Mundial da Sustentabilidade) cujo foco será inovação, serviços, formação e sustentabilidade; compromissos que permitirão aos insiders comparar notas sobre as diversas questões que envolvem um setor em constante crescimento.


Marcação fixa, a edição de 2023 do Concurso Internacional para a seleção de Estudos e Projetos de Barcos - Navegação Sustentável promovido pela Civic Museums Foundation, dedicado em particular a projetos que apresentem soluções inovadoras para a sustentabilidade e flexibilidade de utilização de embarcações charter de recreio barcos caracterizados pelo seu reduzido impacto ambiental.


Programa completo e venda de ingressos no site oficial do Venice Boat Show www.salonenautico.venezia.it


Por: Redação Mundo Mar

Imagens: Divulgação

bottom of page