top of page

Bruno Lobo na semifinal do evento-teste 2023




O velejador Bruno Lobo, natural do Maranhão, assegurou uma vaga nas semifinais do Evento-teste de Vela para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. Realizado em Marselha, na França, o evento contou com a participação de atletas da Fórmula Kite, e Bruno Lobo avançou para a fase eliminatória em quinto lugar.


Nas finais, o francês Alex Mazella e o britânico Connor Bainbridge já garantiram suas vagas diretamente na disputa pelo ouro. Agora, oito kitesurfistas competirão pelas duas vagas restantes.


Bruno Lobo enfrentará o italiano Lorenzo Boschetti, o austríaco Valentin Bontus e o monegasco Alexander Ehlen. Para chegar à final, o velejador brasileiro precisa conquistar duas vitórias. O italiano já possui duas vitórias, enquanto o brasileiro tem uma. Os demais competidores precisam vencer três vezes. O primeiro a alcançar três vitórias será o vencedor.


Na outra chave, estão Maximilian Maeder (Singapura), Maks Zakowski (Polônia), Denis Tarandin (Chipre) e Florian Gruber (Alemanha). As finais estão programadas para acontecer nesta sexta-feira, dia 14.


Bruno Lobo expressou sua felicidade em participar deste evento-teste e representar o Brasil em uma arena olímpica. Ele destacou a variedade e adversidade das condições de vento durante as regatas, que vão desde ventos fracos até mais fortes e com mudanças de direção.


Na classificação para a semifinal, Bruno Lobo ficou em quinto lugar, apenas um ponto atrás do quarto colocado. O atleta revelou sentir-se rápido nas regatas da sede da vela em Paris 2024 e está trabalhando para aprimorar sua estratégia de largada visando ao Campeonato Mundial em Haia, onde pretende lutar por um lugar no pódio.


Além das regatas de Bruno Lobo, o quinto dia do evento-teste de vela em Paris 2024 também contou com a participação das bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49er FX. As brasileiras terminaram em quarto lugar com 49 pontos perdidos, tendo uma performance irregular ao longo do dia.


No campeonato de 49er FX, as holandesas Odile van Aanholt e Annette Duetz seguem liderando a competição, que está na metade do programa com nove das 12 regatas programadas.


Na classe Nacra 17, a equipe brasileira composta por João Bulhões e Marina Arndt não competiu neste dia. Após seis regatas disputadas, eles ocupam a 15ª posição na raia francesa. Já o velejador paulista Mateus Isaac está em 20º lugar após nove regatas, de um total de 19 do programa antes das finais.


Parte dos atletas está participando de eventos internacionais apoiados pelo termo de fomento à vela olímpica, em parceria com a CBVela. O objetivo é preparar a Equipe Olímpica Principal de Vela e garantir a participação nos campeonatos internacionais. O número do convênio é 930972/2022.


Após o evento-teste, os atletas da Equipe Brasileira de Vela concentram-se no Campeonato Mundial, que ocorrerá em Haia, na Holanda, entre os dias 11 e 18 de agosto. Essa competição definirá as primeiras oito vagas de países para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. As vagas restantes serão preenchidas nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, que acontecerão entre outubro e novembro.


Commentaires


bottom of page