top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Brasileiro fica em quinto lugar do Evento-teste



O velejador maranhense Bruno Lobo encerrou sua participação no Evento-teste da vela de Paris 2024 com um honroso quinto lugar. Realizado em Marselha, na França, o evento viu o atleta da Fórmula Kite chegar à última regata do mata-mata, mas acabou perdendo a vaga na final para o italiano Lorenzo Boschetti.


Para garantir seu lugar na decisão da Fórmula Kite, Bruno Lobo precisava vencer duas regatas, e na primeira do dia ele alcançou esse feito. No entanto, na segunda regata, o brasileiro foi superado nos metros finais, perdendo a oportunidade de avançar para a disputa do ouro.


Na final, a medalha de ouro ficou com o francês Axel Mazella, que celebrou o resultado em casa, especialmente no feriado local do Dia da Bastilha. No feminino, a francesa Lauriane Nolot foi coroada campeã.


''Ganhei a primeira regata do dia e precisava vencer mais uma. Na última, tive uma disputa acirrada com o italiano, e quem ganhasse iria para a final. Foi decidido realmente nos últimos metros. Foi difícil, uma regata emocionante. Sofri uma queda, mas consegui me recuperar. Quase deu certo, mas é isso'', disse Bruno Lobo.


''Foi um campeonato muito bom. O Top 5 é resultado de um trabalho contínuo. A cada competição, estou evoluindo mais e saio com boas sensações. Agora, é voltar para casa, descansar um pouco e focar no Mundial, que será em agosto, na Holanda. Vamos lutar por um lugar no pódio lá'', concluiu o atleta maranhense.


Bruno Lobo agora foca no Mundial de Vela de Haia, que será em agosto, e depois na defesa da medalha de ouro pan-americana em Santiago 2023. Desde o início da temporada, o atleta recebe acompanhamento do diretor técnico da CBVela, Juan Sienra.


No sexto dia de regatas do evento-teste de Paris 2024 na vela, não houve regatas de 49er Fx com as bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze. As duas continuam em quarto lugar, com 49 pontos perdidos, e decidirão no sábado (15) em qual posição disputarão a medal race.


Na categoria Nacra 17, João Bulhões e Marina Arndt ocupam a 15ª posição após nove regatas disputadas na raia francesa. Restam três regatas para a conclusão do calendário. Já o paulista Mateus Isaac está em 20º lugar após 13 regatas, de um total de 19 do programa antes das finais.


Parte dos atletas está participando de eventos internacionais apoiados pelo termo de fomento à vela olímpica, em parceria com a CBVela. O objetivo é preparar a Equipe Olímpica Principal de Vela e garantir a participação nos campeonatos internacionais. O convênio possui o número 930972/2022.


Após o evento-teste, os atletas da Equipe Brasileira de Vela direcionam seus esforços para o Campeonato Mundial em Haia, na Holanda, que acontecerá entre os dias 11 e 18 de agosto. A competição definirá as primeiras oito vagas para os países nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, enquanto outras serão preenchidas nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, entre outubro e novembro.







Comentarios


bottom of page