Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

Troféu S.A.R. Princesa Sofía conta com 12 brasileiros nas disputas


Os velejadores brasileiros iniciaram nesta segunda-feira (4) a disputa da 51ª edição do Troféu S.A.R Princesa Sofía, em Palma de Maiorca, na Espanha. O país conta com 12 representantes nas classes 49erFX, ILCA, iQFoil, Nacra 17 e 470 misto, todas categorias confirmadas no calendário olímpico de Paris 2024. A competição espanhola conta com mais de 700 equipes representando mais de 50 nações de todo o mundo.


O primeiro dia de competição em Palma de Maiorca começou com ventos instáveis de até 18 nós e frio, que chegou a bater 6 graus com sensação térmica ainda menor, o que não é comum para o período nas Ilhas Baleares.


O time brasileiro na Espanha terá atletas que estão entre os melhores em suas respectivas categorias. As bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze estão em segundo no ranking e estreiam apenas na terça-feira (5) na 49erFX. Já Mateus Isaac, terceiro do planeta na iQFoil, correu regatas nesta segunda-feira (4) e ocupa o sétimo lugar.


''Fazia tempo que não competia com tanto frio. Estava 9 a 10 graus de temperatura, com uma sensação de até menos por conta do vento. Comecei caindo na regata, por conta de uma rajada de 35 nós. Já na segunda comecei melhor e terminei na sexta colocação e a última finalizei na quarta colocação'', disse Mateus Isaac, que foi campeão da etapa de Cádiz, também na Espanha, da iQFoil World Series.


Na versão feminina da iQFoil, o Brasil conta com Bruna Martinelli e Giovanna Prada na raia espanhola. Bruna está em 44º e Giovanna que com 20 anos esta fazendo sua estreia em este tradicional evento se encontra em 12º. Os velejadores da prancha são acompanhados pelo medalhista olímpico Bruno Prada.


''Muito frio, muito vento! Foi um primeiro dia bem desafiador e estou feliz com meu resultado. Todas as melhores do mundo estão aqui. Ainda tenho 5 dias de regatas e espero continuar velejando bem'', contou Giovanna Prada.


Em Palma de Maiorca, as bicampeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze são acompanhadas de perto pelo novo treinador espanhol Pepe Lis como líder do projeto dando continuidade ao excelente trabalho desenvolvido pelo também espanhol Javi Torres. O objetivo da dupla e da comissão técnica é testar os novos equipamentos para a temporada na 49erFX.


''Estamos ansiosas para esse primeiro campeonato de peso, para descobrir como está indo a flotilha. As duplas mudaram muito. Palma é um campeonato muito tradicional com ampla participação. Mas em nível vai ser uma incógnita com a mudança das adversárias, de saber quem vai estar ali pela frente. Vemos muitas duplas investindo muitas horas de treino'', comentou Martine Grael.


No 470 misto, os gaúchos Rodrigo Duarte e Ana Barbachan são acompanhados de perto por Juliana Duque e Rafael Martins, que recentemente ganharam o Brasileiro de Snipe, classe semelhante ao 470.


Na ILCA 6, Julia Carreirão com 17 anos faz também sua estreia em uma etapa do circuito olímpico representando ao Brasil, assim como João Siemsen e Marina Arndt quem também faz sua estreia em este evento na NACRA. O gerente técnico Juan Sienra supervisiona tecnicamente junto com o coordenador técnico Torben Grael ao grupo brasileiro no evento espanhol.


''Destacamos a grande renovação brasileira de nomes nas categorias olímpicas, com uma forte presença de vários atletas que vem dos programas de vela jovem da Confederação Brasileira de Vela. Tivemos um bom primeiro dia de competição para as categorias 470 misto e iQFoil mas que foi duro pelo frio e com ventos fortes'', explicou Juan Sienra.


''Estamos muito felizes de ver uma renovação nas categorias olímpicas e com várias atletas femininas sub-23 fazendo sua estreia em este tradicional evento, isso é um excelente indicador que o rumo de nosso programa de vela jovem esta no caminho certo!''.


Resultados - https://www.trofeoprincesasofia.org/es/default/races/race-resultsall


Atletas em Palma de Maiorca

Martine Grael e Kahena Kunze | 49er FX

Julia Carreirão | ILCA 6

Mateus Isaac | iQFoil M

Giovanna Prada | iQFoil F

Bruna Martinelli | iQFoil F

João Siemsen e Marina Arndt | Nacra 17

Rodrigo Duarte e Ana Barbachan | 470 misto

Juliana Duque e Rafael Martins | 470 misto

#vela #onboardsports #cbvela #vempravela


Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.


Foto: Sail Energy

Texto: Flávio Perez | On Board Sports