top of page

Semana de Vela de Ilhabela terá regata dos bairros



O Yacht Club de Ilhabela (YCI), organizador da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, introduziu uma iniciativa para incentivar a rivalidade entre velejadores locais durante a competição de 2023, que marcará a 50ª edição do evento.


Pela primeira vez, será realizada a Regata de Bairros, com o apoio das escolas da ilha e a participação direta da prefeitura local. A organização da SIVI utilizará a pontuação do barco com melhor desempenho de cada bairro para determinar o bairro vencedor deste evento. A premiação será simbólica, e a regata não contará pontos para a SIVI.


Os participantes serão velejadores que residem em Ilhabela (SP) ou possuem residência fixa no litoral norte paulista. A ação tem como objetivo aumentar o interesse das crianças e adolescentes pelo esporte da vela, além de estimular a rivalidade entre os bairros.


"A intenção é criar uma competição semelhante ao tradicional futebol de bairro, porém com barcos. Assim como no futebol, os moradores comentarão sobre a vitória de seus barcos nos bares do bairro e começarão a acompanhar mais de perto. Moramos em uma ilha, nossa afinidade natural está ligada ao mar", explicou Cuca Sodré, organizador técnico da SIVI.


O objetivo principal dessa iniciativa é levar a prática da vela para as escolas de toda a região. Em parceria com a prefeitura local, busca-se envolver a comunidade no esporte por meio das crianças. A ação abrangerá bairros de toda a ilha do litoral norte paulista, do extremo norte ao extremo sul.


Durante a realização das regatas da 50ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela, que ocorrerá de 22 a 29 de julho, cada bairro terá seus próprios barcos, tripulados pelos velejadores que residem ou têm residência na ilha.





Cada escola de bairro em Ilhabela (SP) selecionará um desses barcos como base para atividades com as crianças e informará a organização da SIVI. Cada velejador dessa equipe visitará a escola, promovendo uma palestra sobre sua trajetória e o veleiro. A partir desse momento, os professores propõem um trabalho aos alunos, cujos resultados serão expostos nas escolas.


"Estamos plantando uma sementinha, despertando o interesse das crianças pela vela e transmitindo conhecimento. Elas compartilharão esse interesse com seus pais, chegando em casa e comentando sobre os barcos e os velejadores que estiveram em suas escolas. Dessa forma, envolvemos a comunidade no esporte", disse Cuca Sodré, diretor técnico da Semana Internacional de Vela de Ilhabela.



Comments


bottom of page