Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

Rodi Garganico é palco dos Campeonatos Europeus de Offshore e o Mundial de Endurance

Rosario Longo e Enrico Marani vencem a prova do Campeonato Italiano de Enduro, enquanto Giovanni Carpitella e Andrea Bacchi subirem no degrau mais alto do pódio, dominando a corrida desde o início



Um final de semana eletrizante nas aguas de Rodi Garganico, uma cidade italiana da região da Puglia. As corridas de lanchas terminaram ontem com as provas do campeonato italiano 5000 e europeu Offshore 3D e Giovanni Carpitella e Andrea Bacchi subirem ao pódio após dominar a corrida desde o início com uma vantagem muito grande que era impossível dos outros competidores recuperar.


A prova do Campeonato Mundial de Enduro viu vencedores confirmados na categoria 450 o casal apuliano Rosario Longo e Enrico Marani, para a classe 300 venceram os belgas Bertels e De Stoop, enquanto a classe 150 foi vencida pelos espanhóis Javer Garcia e Jose Pardo, seguido pelos venezianos Mario Cosma e Denis Scarpi que venceram o campeonato italiano.



A prova de Enduro válida pelo campeonato italiano e a primeira volta do campeonato mundial dividida entre as três categorias PRO 150, BOAT 300 e SPORT 450. Segundo os pilotos foi uma prova muito difícil por causa das ondas que acabaram fazendo com que os cascos dessem vários saltos, no início da regata um barco estava prestes a virar, mas felizmente recuperou imediatamente e conseguiu continuar a regata. o mar agitado obrigou três tripulações a desistirem.



Na classe BOAT 300 foi mais uma prova que não poupou nem mesmo os vencedores do campeonato italiano da classe 450, os italianos Longo e Marani a bordo do S757 que rodaram e bateram em outro barco da prova.



Uma onda que se formou os fez girar enquanto outro barco chegava e acabaram se tocando um no outro, mas apesar de tudo, conseguiram recuperar o tempo perdido e dar uma volta em todos no final da corrida.



O barco atingido (comandado pela tripulação belga composta por Bubi Bertels e Nico De Stoop), sofreu danos laterais, mas as medidas de segurança de cada barco evitaram maiores consequências.



Ao final da prova, as equipes envolvidas trocaram cumprimentos e ficou tudo bem,

O Segundo lugar na classe ficou para Christian Cesati e Matteo Berardi, e em primeiro lugar na categoria 300, Benjamin Van Riet e Robbe Van Riet, seguidos de Valentino Basile e Andrea Molinaro.



Para Marino Masiero, CEO Porto turístico de Rodi Garganico este ótimo resultado é fruto de um grande trabalho em equipe, que recebeu os agradecimentos do Vice-Presidente da Região de Puglia Raffaele Piemontese pelo sucesso do Campeonato Mundial Off Shore organizado pela "Equipe do Porto" em Rodi Garganico.

Marino Informa ainda que irá juntamente com a Região e o Município avaliar em conjunto a candidatura de Rodi Garganico para o Campeonato Mundial Classe 3D Off Shore 2022.



Por: Redação Mundo Mar

Fotos: Cesare Calanzani e Lagunamare di Assonautica e divulgação evento.