top of page

Regata bracuhy conclui edição 2024




Na sua 6ª edição, a Regata Bracuhy realizou o cerimonial de premiação neste sábado (16), em Angra dos Reis (RJ). Com mais 700 velejadores e 130 embarcações, o destaque ficou para o veleiro Asbar 6, que levou o prêmio de Fita-Azul, primeiro barco a cruzar a linha de chegada.


Comandados por Marcelo Pereira Quintaes, o Asbar 6 finalizou a prova no tempo em 1h25 e conquistou o prêmio de Fita Azul e a vitória na classe VPRS.


Já na disputa do Bico Proa, que teve o maior número de barcos na raia, com 54, foram divididos em cinco categorias.


Na primeira categoria, Seachegue foi campeã. Na segunda categoria Tamuatoa 3 levou ouro. Na terceira categoria Libertas foi campeã. Na penúltima disputa Oka levou título. Finalizando a Bico de Proa Metal Jubarte liderou.


Bracuhy também teve seu representante no pódio com título da embarcação Kaluanã na APS. Os RGS e Clássicos tiveram domínios da equipe Kameha Meha que ficou com troféu.


Sea Wylo levou Multicasco enquanto Nica Opium Kybyxu foram vencedores das três categorias de Cruzeiros.


“Conseguimos fazer boa largada marcamos bem nossos concorrentes logo começo possível manter ritmo durante percurso ser Fita Azul”, explicou Marcelo Pereira Quintaes.

Regata Bracuhy está em crescimento desde sua primeira edição apontada como uma das maiores do País juntamente com Semana Vela Ilhabela Santos-Rio.


Segundo Teresa Zanetti fundadora regata foi sucesso todos velejadores aprovando essa grande festa vela brasileira.


“Muito feliz com 6ª edição Regata Bracuhy. Regatas foram alto nível todos se divertiram muito em terra união todos organizadores velejadores incrível!”, disse.


Com equipe formada por mulheres diversas idades tripulação Rolé comandada por Giovana Araújo foi destaque disputa feminina.


“Nossa largada não foi legal mas conseguimos ganhar algumas posições todas ajudaram muito! Somos tripulação amigas continuamos juntas todos desfiles percurso”, finaliza.

Comentarios


bottom of page