top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Limpeza dos Mares marca a abertura do verão na Lagoa da Conceição, em Florianópolis

A última etapa do ano do projeto Limpeza dos Mares reuniu mais de 150 voluntários, tanto em terra como na água, para limpar a beira da Lagoa, costões, restingas e o fundo das águas



Encontrou-se um pouco de tudo, além de muito micro lixo, embalagens plásticas transparentes de diversos produtos, garrafas pet, tampinhas plásticas, isopor, engradado com garrafas de vidro de cerveja lacradas, resto de um MOP - uma ferramenta plástica de limpeza para casa - canudos plásticos, restos de produtos de polietileno, garrafa térmica, guarda-sóis, restos de roupas, grelhas, latas de alumínio, restos de material de construção e pintura, muitas bitucas de cigarro e, para a surpresa de todos - restos de papelão novo, abandonados na orla. Mas foi quando os barcos retornaram com os, a noção da imprudência ganhou corpo. Muitos restos de redes fantasmas, grande quantidade de cabos, gaiola grande, sofá tipo pufe, ferros, pneus, banco de automóvel, lonas, muitos copos e long necks de vidro, óculos, celular, bombona de óleo, faca de cozinha, restos de bituqueiras e muitos outros resíduos que tomavam conta do ambiente marinho.



No primeiro olhar há quem diga que não teria tanto lixo assim, “mas quando ajustamos a nossas lentes e permitimos nos conectar com a natureza digo que conseguimos ouvir o pedido de socorro do lixo e os encontramos onde quer que estejam e assim conseguimos dar o destino de volta ao seu ciclo sustentável, por isso somos o Limpeza dos Mares que recolhe o lixo que ninguém vê!” afirma Michele Castilho coordenadora do projeto Limpeza dos Mares.


"Conseguiu-se identificar com esta ação alguns pontos que precisam de ajustes para conseguirmos evitar o descaso com os resíduos como o mal posicionamento das bituqueiras na Avenida das Rendeiras, viradas para a pista de ciclismo quando deveriam estar viradas aos pedestre na calçada, assim evitando até acidentes. Outra questão é a falta de lixeiras públicas ao longo de toda a via, visto que existem muitos comércios que interagem com o lazer à beira da lagoa, como restaurantes, sorveterias, bares e casas noturnas, quadras de esportes etc. Precisamos trabalhar em conjunto para evitar a oferta e o uso de produtos que facilmente poluem o meio-ambiente", complementa.


No total foram recolhidos aproximadamente 3,1 toneladas de lixo. "Chegamos ao final da 10ª temporada com uma triste e surpreendente marca de 165.3 toneladas.

Identificamos com as palestras em escolas, para mais de 5 mil jovens e crianças ao longo do ano, do quão importante é a realização não só da etapa propriamente dita, mas te levar para todos qual o tipo lixo que de fato esta chegando no fundo dos nossos mares, Precisamos urgentemente conscientizar o maior numero de pessoas. Porque senão nossos filhos e netos não verão nem metade das belezas naturais que ainda temos hoje", afirma Mané Ferrari, presidente da Associação Náutica Brasileira (Acatmar).

A 40ª etapa do projeto abriu oficialmente o verão e, para comemorar, realizou a Regata Limpeza dos Mares junto às co-realizadoras também desta etapa Avelisc e Aldeia Conceição.



O Limpeza dos Mares é realizado pela Associação Náutica Brasileira (ACATMAR), Mundo Mar e Acquanauta Floripa e conta com o patrocínio mantenedor do FORT Atacadista.

Nesta etapa contou com a co-relização da Avelisc e Aldeia da Conceição.

O Apoio à esta etapa é da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Floripa Sustentável conta com apoio institucional da Capitânia dos Portos de SC - Marinha do Brasil, Polícia Militar Ambiental SC, ICMBio, Corpo de Bombeiro Militar de SC, Programa Bandeira Azul, Soamar Florianópolis e Iate Clube de Santa Catarina - Veleiros da Ilha.

Tem o Apoio oficial das empresas Marina Blue FOX, BoatLux, Netuno Geradores, Água Rara, Marina Verde Mar, Aldeia da Conceição, Sanáutica, Marina Atlântida, TransAcácio, Scuna Açoriana e Marina Conceição.



Maiores informações www.limpezadosmares.com


Por: Redação Mundo Mar

Fotos: Mundo Mar

Comments


bottom of page