top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Jovem velejador de Ilhabela (SP) terá a chance de brilha na SIVI 2023



O velejador Douglas Said tentará o título da Semana Internacional de Vela de Ilhabela a bordo do Phytoervas de 22 a 29 de julho. O jovem de Ilhabela (SP) realiza seu sonho de ser atleta profissional na equipe liderada por Marcelo Bellotti.


Promessa da vela olímpica e de oceano do país, o garoto de 16 anos fará a função de proeiro no barco S40 patrocinado pela Phytoervas e pela Ambipar Response. O veleiro medirá na classe ORC considerada a F1 do offshore.


Douglas Said começou a velejar aos 8 anos de idade no Optimist, classe de formação da vela para crianças. Fora das competições, Said mantém os estudos e recebe apoio dos times em cursos. Correr a SIVI é uma das metas de Douglas Said do Phytoervas. A equipe em 2022 ficou com o bronze no Desafio dos 40 pés.


"Tenho o desejo de prosseguir com a minha jornada de velejar pelos oceanos, buscando evoluir na posição de proeiro. No entanto, também almejo crescer como cidadão, uma vez que a vela ensina valiosas lições de disciplina, respeito e educação", concluiu Douglas Said, atleta representante das equipes Phytoervas e Ambipar Response.


Entre suas conquistas, Douglas Said foi campeão da Semana de Vela Internacional do Rio de Janeiro, na classe ILCA 4, medalha de ouro no Paulista de ILCA 04 Sub-18, em 2022. Além dos títulos, o garoto coleciona participações em campeonatos nacionais e internacionais.


"Procuro ouvir todos e observar o comportamento deles durante as regatas. As conversas sobre carreiras profissionais, além do esporte, são extremamente importantes, pois cada um dos meus companheiros possui sua própria profissão e compartilha comigo. Isso é enriquecedor, e pretendo aprender ainda mais enquanto estamos a bordo dos barcos", afirmou.


Comandados por Marcelo Bellotti e Juan de La Fuente, a tripulação fez os últimos ajustes neste fim de semana em Santos (SP) para a disputa da classe ORC.


Vela do Amanhã


Como integrante de projetos sociais na ilha, Douglas Said destacou a importância de correr o Vela do Amanhã 2023. A prova terá mais de 150 meninos e meninas de projetos de ensino da modalidade de 13 cidades de São Paulo e Rio de Janeiro irão ter a chance de velejar a bordo das embarcações que participam da atividade.


A ação será no sábado, 22 de julho, um dia antes da regata de abertura do principal evento náutico da América do Sul. ''Quero desafiar a todos os outros barcos para essa disputa sadia e animada''.



Comments


bottom of page