top of page
Blue Ocean Elegant YouTube Channel Art (8).png

Itália celebra o dia Nacional do Mar

Semana dedicada ao mar tem o seu culminar neste 11 de Abril, com o Dia do Mar nas Escolas



Com uma bela ação da Confindustria Náutica Italiana e devidamente incluido na reforma legislativa do Código da Náutica de Recreio de 2018 o Dia Nacional do Mar passou a ser uma grande realidade.


A construção naval de recreio é um dos poucos setores industriais em que a Itália é  líder mundial absoluto, com 50% das encomendas globais de super iates.

Só os óculos Italianos precedem este feito, com 80%, e mesmo assim à frente das saborosas massas.


Líderes na produção de barcos infláveis ​​e em acessórios e componentes. Se considerarmos todo o setor de produção da construção naval, eles ocupam o 7º lugar geral em participação nas exportações mundiais (ICE).


Com mais de 21 mil trabalhadores diretos da produção italiana geram exportações de 3,4 milhões de euros e são o motor de uma cadeia de abastecimento que no período de cinco anos – incluindo os dois anos da pandemia – passou de 160 mil para 200 mil empregados.


O ranking dos produtos manufaturados por crescimento das exportações, calculado a partir do início do novo milênio entre 2000 e 2022, coloca a náutica de recreio em 6º lugar, com +298%


Estes números falam por si e explicam o protagonismo do setor por lá.


Por isso, também este ano, eles criaram um vídeo para escolas de ensino fundamental e médio, com o objetivo de divulgar os alunos sobre as grandes oportunidades profissionais qualificadas que o setor oferece.


Assista ao video:



Comparativamente à primeira edição de 2018, celebrada em Viareggio-Spezia, principal distrito náutico do mundo, hoje o Dia do Mar é um património partilhado por instituições, organismos militares, associações patronais do cluster do mar, federações desportivas e escolas náuticas ” – afirma. comenta o presidente da Confindustria Nautica, Saverio Cecchi - “ um valor comum, finalmente inserido no debate político, público e comunicacional ”.


Esta é também uma oportunidade para agradecer ao Ministro de Política Marítima, Nello Musumeci , pela inclusão da Confindustria Nautica no painel de 10 especialistas do CIPOM e pela confiança em nosso Gerente de Relações Institucionais, Dr. a Direção “Turismo de Mar”, que inclui a náutica de recreio, os portos turísticos, o turismo desportivo e balnear, a competitividade fiscal, a simplificação regulatória, a formação, a promoção e a internacionalização ”, conclui Cecchi.

A estrutura, o know-how da Associação e os dados estatísticos do Gabinete de Investigação da Confindustria Nautica estão à disposição de todos os stakeholders e interessados ​​para fazer avançar as exigências comuns do crescimento sustentável”.


Promover a formação dos jovens, desenvolver o turismo náutico, requalificar as infra-estruturas portuárias, proteger o património da construção naval nacional, apoiar a inovação e a contenção das emissões numa lógica de neutralidade tecnológica, a competitividade da bandeira italiana e a simplificação administrativa e a protecção do ambiente são os objetivos que a Confindustria Nautica pretende prosseguir com uma forte aposta nas novas gerações.


Por: Redação Mundo Mar

Foto: Divulgação Confindustria Náutica

コメント


bottom of page