Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

Copa Internacional de Kitesurf mostra força da nova classe olímpica no País

A Copa Internacional de Kitesurf, um dos principais eventos da modalidade na América Latina, terminou neste domingo (6) com as regatas de Kiteboard bi-direcional, Formula Kite Foil Olímpico, FreeStyle BigAir e Formula Kite Foil Open para atletas do profissional, juvenil e amador.


O evento, que reuniu mais de 100 velejadores de várias idades, foi realizado em Araruama (RJ) e comemorou o 163º aniversário da cidade da Região dos Lagos.

As provas foram disputadas na Praia Pontinha do Outeiro. Foram três dias de evento de kite na cidade, que deve realizar outras competições da modalidade na temporada com apoio da CBVela – Confederação Brasileira de Vela.



O título do campeonato na versão olímpica ficou para o maranhense Bruno Lobo, que dominou todas as oito regatas na Fórmula Kite. Em segundo ficou o também maranhense Arthur Juca, seguido pelo fluminense Gleison Magalhães.



Melhor atleta das Américas no Formula Kite, o atleta Bruno Lobo foi o destaque das regatas em Araruama ficando com o título de sua categoria. O velejador elogiou a estrutura local em sua estreia na Região dos Lagos.


”Fiquei impressionado com a estrutura e as condições para a pratica do esporte. Espero que o kite só cresça com eventos como esse e a troca de experiência com a nova geração. Precisamos da renovação para trazer medalhas nos próximos anos! A vela pode contar comigo para a evolução do kite”, contou Bruno Lobo.


O atleta foi campeão pan-americano em Lima 2019, quando a categoria estreou no calendário dos Jogos. Em 2024, o kitesurf estará olimpíada na versão Formula Kite.


”O trabalho exemplar da prefeitura de Araruama foi fundamental para a realização do evento. Cada detalhe foi pensado para a realização do campeonato, dentro e fora do local de provas. O mais importante é que vamos deix


ar um legado para a cidade e para a modalidade. Certamente é um dos lugares mais legais para a pratica da vela”, explicou Samuel Gonçalves, diretor da CBVela.



Os organizadores com apoio da Prefeitura de Araruama anunciaram mais eventos de vela na cidade em agosto de 2022. Em fevereiro de 2023, a Copa Internacional de Kitesurf deve trazer ainda mais velejadores ao município.


”Araruama será a capital do kitesurf, temos uma riqueza natural maravilhosa e temos que valorizar o esporte. Vamos desenvolver a modalidade e a nossa Araruama”, afirmou Livia de Chiquinho, prefeita da cidade.


A Lagoa de Araruama sempre foi palco de inúmeros eventos nacionais e internacionais da vela brasileira nas décadas de 80 a 2000. A CBVela trabalha para que a cidade da Região dos Lagos volte definitivamente a mostrar suas qualidades em eventos futuros.

Na categoria Bi-Direcional, Carla Mannet foi a vencedora do evento, seguida por Vanilce Freitas e Danielly Aliprandi. No masculino, o campeão de 2022 foi Cícero Barbosa.


”Muito legal ver a mulherada no espo


rte com uma união dentro d’água entre a gente. Estamos entrando cada vez mais e se dedicando no kite! O evento foi super organizado por Araruama e CBVela. A competição foi bem desafiadora e divertida”, disse Carla Mannet.




No FreeStyle, Gleison Magalhães teve a melhor nota com 8,73, seguido por Felipe Macedo com 8,63 e Luciano Paes com 8,30.




Vídeo oficial — https://youtu.be/zmo0YLqGGHE