Imagem com Logo e Redes Sociais do Mundo Mar

Começou o 61º Fort Lauderdale International Boat Show

Um dos maiores eventos desde que o COVID-19 atingiu o sul da Flórida começou hoje, menor e mais contido do que nos anos anteriores.

Ao contrário de outros grandes eventos, o 61º Fort Lauderdale International Boat Show optou por não cancelar na esperança de ajudar a reverter algumas das devastadoras perdas econômicas da pandemia na indústria de turismo e hospitalidade do sul da Flórida.

Os organizadores disseram que a região não pode perder um evento que gerou US $ 740 milhões em impacto econômico no ano passado. A Marine Industries Association of South Florida afirma que a indústria gera 111.000 empregos de classe média no condado de Broward, 142.000 regionalmente e US $ 8,9 bilhões em atividades econômicas para o condado.


Mas o que podemos esperar do Boat Show deste ano?


O Show é na água


Mais de 50 SuperYchts ajudarão a enfatizar a mensagem da indústria de que a navegação de luxo e recreativa continua forte em uma economia atingida por uma pandemia. O maior deverá ser o Amarula Sun de 164 pés, da Trinity Yachts de Gulfport, Mississippi; o Top Five de 50 metros da Christensen; e o Arthur's Way de 38 metros da Millenium Super Yachts. 

Mais de 20 dos enormes barcos farão sua estreia no salão.

Um “superyacht center” dedicado, onde alguns dos maiores navios de luxo da feira estavam atracados na extremidade leste da ponte da 17th Street Causeway, fará sua aparição pelo segundo ano consecutivo.

Menos exposições


Há muito elogiado por seus patrocinadores como o maior show de barcos na água do mundo, a edição deste ano será menor devido à pandemia e às preocupações com a segurança levantadas por milhões de viajantes em potencial que evitaram voar comercialmente desde meados de março. Hoteleiros, donos de restaurantes e patrocinadores do evento reconhecem que a maioria dos visitantes será da Flórida e de outros estados, e não viajantes internacionais.


Haverá menos expositores do que a lista de 1.000 do ano passado e menos barcos do que os 1.300 que foram exibidos em 2019 ao longo da hidrovia.


O Centro de Convenções Greater Fort Lauderdale / Broward County, tipicamente cenário de um layout amplo de barcos menores e acessórios, está fechado para um grande projeto de reforma, mas os corretores de iates ainda esperam uma forte participação.

Limites de multidão


Os organizadores disseram que as vendas de ingressos estavam "indo bem", mas o público estará aquém das quase 100.000 pessoas que o show atrai em uma economia forte.

O show vai restringir o número de pessoas com permissão para navegar por seus seis locais ao longo da Intracoastal Waterway a partir da área do Pier Sixty-Six Hotel & Marina, que está passando por um grande projeto de reforma, ao norte para o Bahia Mar Yachting Center e a Marina Las Olas.

O número não poderá exceder 32.000 em um determinado momento.


Precauções COVID


As equipes de trabalho ergueram locais de exibição temporários e ciraram calçadas e espaço nas docas que obedecessem às medidas de distanciamento estabelecidas.

As máscaras são obrigatórias e outros protocolos foram instituídos para permitir o distanciamento social. Eles incluem mais entradas, docas flutuantes mais largas, caminhos de pedestres de mão única, ônibus e táxis aquáticos adicionais e bilhetes somente online.


A polícia local patrulhará as multidões para garantir que todos estejam obedecendo às restrições do coronavírus.

Espera-se que todos os expositores e funcionários sigam os protocolos de segurança da feira. Eles precisam usar máscaras durante todo o Boat Show, e devem ter suas temperaturas medidas sempre ao entrar no recinto do show.


Promessas de segurança


Alguns membros da comunidade expressaram preocupação em abrir o evento no momento em que os casos de COVID-19 estão aumentando, mas os patrocinadores prometeram que o Boat Show pode ser realizado sem comprometer a segurança pública .


Portões abertos, e agora é hora do show, que seja assim como foi no Salone Nautico di Genova ,um exemplo de que como pode se realizar um evento desta magnitude com a segurança que o momento exige.


Por: Redação Mundo Mar

Fotos: Mundo Mar